O que esperar da sétima temporada de Game of Thrones – e 7 personagens que não devem sobreviver a ela

A sétima temporada de Game of Thrones estreia no próximo domingo, 16 de julho, então vamos às apostas e expectativas para o penúltimo ano de uma das séries mais populares de todos os tempos.

Um ritmo diferente de narrativa

The Winds of Winter, último episódio da sexta temporada fechou muitas pontas e avançou o arco narrativo da série de um modo bem mais rápido que o habitual. Nesta temporada, tudo indica que com o número reduzido de episódios – sete ao invés de dez – a série deve seguir a mesma estrutura e apresentar capítulos com um ritmo mais acelerado.

Reencontro de (muitos) personagens

Não é só Daenerys que está (finalmente) voltando a Westeros. Tyrion e Varys vem junto com a frota da Mãe de Dragões e Bran ruma em direção a Muralha. Com isso, a sétima temporada deve render grandes momentos de reencontro tanto de Lannisters e Starks (e de lobos). Também já está confirmada a volta do núcleo da Irmandade Sem Bandeiras e do quase esquecido Gendry.

Um novo “vilão”

Ainda que a rainha Cersei exerça um grande papel de antagonismo diante da aliança forjada por Daenerys, e que os Caminhantes Brancos sejam sempre uma importante e fatal ameaça, deve ser Euron Greyjoy a ocupar o papel de personagem-maligno-que-amamos-odiar, posto que já foi de Joffrey e de Ramsay. A julgar pela figura de Euron Greyjoy, o “Olho de Corvo”, nos livros, a série tem muito material para usar…

“(…) eu sou o homem com mais deuses que alguma vez içou uma vela! Você serve a um deus, Cabelo-Molhado, mas eu servi a dez mil. De Ib a Asshai, quando os homens veem minhas velas, rezam.” – Festim dos Corvos

Campo de Fogo 2.0

“Foi a única vez que Vhaghar, Meraxes e Balerion foram todos soltos ao mesmo tempo. Os poetas os chamaram o Campo de Fogo. Quase quatro mil homens morreram queimados naquele dia, e entre eles contava-se o Rei Mern da Campina”. – A Guerra dos Tronos

Um dos episódios mais emblemáticos da história de Westeros foi o Campo de Fogo, a única batalha em que os três dragões de Aegon, o Conquistador e de suas irmãs Visenya e Rhaenys voaram juntos. O resultado foi a derrota dos reis da Campina e do Rochedo e a extinção da Casa Gardener.

As imagens dos trailers apontam que 300 anos depois Daenerys pode repetir os feitos de seus antepassados para subjugar os Sete Reinos.

Caminhantes Brancos, pero no mucho

Vai ter Jon Snow tentando convencer a galera que a grande ameaça vem das Terras do Sempre Inverno? Vai. Vai ter batalha pra lá da Muralha? Provavelmente. O mais provável, no entanto, é que a sétima temporada foque a maior parte de sua narrativa no conflitos territoriais e políticos entre as casas e que a grande e derradeira batalha contra os Caminhantes Brancos seja o mote da última temporada da série.

Quem roda nesta temporada?

Com a série se encaminhando para seu fim, muitos arcos devem ser encerrados já nessa temporada e muitos personagens como sempre – e mais do que nunca –  não devem sobreviver. Vamos às apostas.

1. Tormund – Alguma chance de que o Tormund-Brienne, o maior shipp que a gente respeita permaneça incólume a esta temporada? Considerando que Tormund deve ter um papel importante na luta contra os Caminhantes Brancos, são grandes as chances do selvagem perecer pra lá da Muralha.

2. Beric Dondarrion – O cara que morreu e voltou seis vezes surge no trailer da temporada empunhando uma espada flamejante. Será a verdadeira Luminífera e Beric o lendário herói Azor Ahai? Se não for, o personagem certamente deve morrer – dessa vez em definitivo.

3. Mindinho – Mais torcida do que aposta. Petyr Baelish é um dos maiores jogadores de Westeros, mas será que já deu o que tinha que dar? Sua pupila Sansa Stark tem tudo para suplantá-lo e a ruína de Mindinho pode vir justamente dela. #JáVaiTarde

4. Melisandre – Exilada, desacreditada e sem perspectiva, a outrora poderosa Melisandre de Asshai está vagando por Westeros. Se Jon a poupou na sexta temporada, o mesmo dificilmente acontecerá se a Sacerdotisa Vermelha cruzar o caminho de Arya. Também há chances de que ela seja executada por Daenerys por sua ligação com Stannis.

5. Yara Greyjoy – Depois de fugir com a Frota de Ferro, o encontro com titio Euron não vai ser nada bom para os irmãos Greyjoy e um deles – ou os dois – não deve sobreviver. Considerando a construção de Theon ao longo da série, a minha aposta é que  (infelizmente) seja Yara a morrer.

6. Edd Doloroso – Em algum momento a água dos Caminhantes Brancos vai bater na bunda da Muralha e a já enfraquecida Patrulha da Noite vai sofrer. Edd Tollett, atual Lorde Comandante, é o único personagem relativamente relevante que ainda está lá. Logo…

7. Ellaria (ou alguma das Serpentes de Areia) – Depois da péssima representação do núcleo de Dorne, nenhuma falta será sentida.

Bônus: algum dos dragões – se não nesta, na última temporada. São grandes as chances de que nem todos os babies de Daenerys cheguem ao final de Game of Thrones. Mas se vai rolar dragão controlado por Caminhante Branco aí já é outra história…

E quais são as suas apostas e expectativas para a sétima temporada de Game of Thrones?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s